ESCÂNDALO, PUBLICADO PELA PLANETA EDITORA, REVELA-SE UM ROMANCE JAPONÊS CHEIO DE SUSPENSE E REFLEXÕES

Por: Nathalie Murcia - 21:44


Título: Escândalo
Autor: Shusaku Endo
Editora: Planeta
Páginas: 249

Escândalo se passa em Tóquio durante a década de 1980. Nesse romance de Shusaku Endo, a história de um velho escritor católico lutando contra a velhice e a sensação de que ele ainda não conseguiu escrever sua obra-prima. Um dia, conhece uma jovem mulher que aparece em uma festa. Ela menciona em voz alta que o escritor já não visita com a mesma frequência a rua (de má reputação) onde ela trabalha como artista. Por sua reputação como escritor cristão, com altos padrões morais, a ida de alguém como ele a lugares assim é vista por seus editores (e por ele próprio) como algo inapropriado e vergonhoso. Ainda que de forma relutante, o escritor decide visitar o estúdio da mulher da festa, a fim de tirar a história a limpo. Ele acaba descobrindo um mundo completamente diferente, incluindo práticas de masoquismo e várias formas mais ou menos estranhas de prostituição. No entanto, o estranho é que as pessoas nesse mundo parecem conhecê-lo. O escritor, então, passa a desconfiar que um impostor está se passando por ele, tentando destruir sua reputação. Começa, então, a caçar esse homem... e a verdade.

Escândalo é um título que não poderia ser mais apropriado para nomear essa grande obra da literatura japonesa contemporânea. É um romance salpicado de suspense, reflexões freudianas e libertinagem, representando uma imersão no recôndito mais profundo da psiquê humana, onde se escondem nossos "monstros", fantasias e pensamentos mais sórdidos, muitos dos quais, às vezes, sequer temos conhecimento até que um gatilho os irrompa.

Seguro é um homem idoso, renomado romancista, e consagrado por suas obras cristãs, cuja religião não é a predominante no Japão. Além de bem sucedido na vida profissional, é feliz no matrimônio de muitos anos, unido a uma esposa dedicada e companheira, e um exemplo de ser humano. Essa realidade plácida, no entanto, cambia substancialmente quando, durante uma premiação por sua última obra, uma artista embriagada e vulgar o acusa de frequentar um bairro de reputação duvidosa, conhecido por praticantes de sexo não convencional. A artista, inclusive, o convida para ir apreciar um retrato do escritor, pintado, supostamente, a pedido do próprio.

Em paralelo a isso, um repórter imbuído de má-fé, está obcecado em produzir provas no sentido de destruir a reputação e a moral ilibada do escritor.

Seguro, por seu turno, perturbado com essa notícia avassaladora e com o impacto do "escândalo" perante seus editores e leitores, inicia uma investigação por conta própria, visando localizar um possível impostor que esteja se passando por ele. A partir daí, ele se depara com uma realidade inusitada e pervertida, que o coloca em contato com pessoas bem diferentes das frequentadoras do seu meio, em especial a misteriosa Sra. Naruse, a qual lhe causa uma amálgama de sentimentos, tais como admiração, medo, fascínio e curiosidade, posto que é uma mulher composta de paradoxos.

Será que nosso personagem foi vítima de um engodo, de um mal entendido, de falsos boatos, ou realmente mantinha uma vida dupla? Qual o limite do prazer carnal? Existe pecado?

Leiam, tirem suas conclusões e se encantem com a história!

Shusaku Endo é também o autor de "Silêncio" e "Samurai", duas obras de grande envergadura, ambas publicadas pela Editora Tusquets.

Se você gostou também vai gostar de:

0 comentários

Deixe sua opinião para nós do Refúgio Literário