domingo, 3 de dezembro de 2017

[RESENHA] NA ESCURIDÃO DA MENTE

Autor (a): Paul Tremblay
Editora: Bertrand
Ano: 2017
Lido em: maio de 2017
Nº de Páginas: 266
Onde Comprar: AMAZON
Livro cedido em parceria com a editora

A vida dos Barrett é virada do avesso quando Marjorie, de 14 anos, começa a demonstrar sinais de esquizofrenia aguda. Depois que os médicos se mostram incapazes de deter os acessos bizarros e o declínio de sua sanidade, o lar se transforma em um circo de horrores, e a família se vê recorrendo a um padre da região. Acreditando que seja um caso de possessão demoníaca, o padre Wanderly sugere um exorcismo e entra em contato com uma produtora que está ávida para documentar tudo. Com o pai de Marjorie desempregado e as dívidas se acumulando, a família hesitantemente aceita, sem imaginar que A Possessão se tornaria um sucesso imediato. Quinze anos depois, uma autora best-seller entrevista Merry, a irmã mais nova de Marjorie. Ao se recordar dos acontecimentos de sua infância, uma narrativa alucinante de terror psicológico é desencadeada, levantando questões sobre memória e realidade, ciência e religião... e sobre a real natureza do mal.
NA ESCURIDÃO DA MENTE nos apresenta uma família que de uma hora para outra desmorona por conta da filha mais velha que está passando por episódios de esquizofrenia aguda. É perturbador ver um lar "perfeito" se deteriorando e, pior, vermos isso pelos olhos de uma garotinha - Meredith - que só busca ter a atenção dos pais para brincar e o reconhecimento da irmã de que é forte.

 Em vários trechos da obra temos uma blogueira analisando um reality show a respeito de possessão demoníaca que foi um fracasso na década passada.Ela destrincha todas as cenas e tenta convencer o leitor a desacreditar tudo que foi passado. Esses momentos me eram bastante confusos uma vez que no começo da obra não tem relação alguma com o que anda acontecendo aos Barrett. Mas no decorrer dos capítulos fica claro a ligação e achei até bom pois só nesses momentos vemos um ponto de vista realista em meio a um enredo completamente assustador e incoerente.

 Devo confessar que é extremamente duvidoso acreditar em qualquer coisa que sai da boca da Meredith já que é uma pessoa adulta recordando a infância traumática. Não temos controle de todas as lembranças, a linha é tênue entre a realidade e a fantasia. Logo, os momentos que acreditei ver a verdade era logo bombardeado com uma cena que me colocava em dúvida sobre tudo que li no capítulo anterior. A leitura da obra é como pisar em ovos.

 Para piorar o cenário onde não se sabe o que é real, o reality show foi algo incomum que me causou desconforto. Até agora tento entender o que leva uma família a permitir pessoas estranhas adentrarem sua residência e rondarem como urubus o seu dia-a-dia ampliando a importância de cado ato que você acha corriqueiro e que não merece atenção.

 Considero a Meredith uma personagem muito forte para a sua pouca idade. Entretanto, possuo dúvidas a respeito dessa personalidade criada uma vez que devo ressaltar que estamos lendo relatos de uma pessoa adulta que pode muito bem ter embaralhado suas lembranças com fantasias obtidas em sonhos ou ampliado características e atitudes que desejava ter tido.

 A construção dos personagens infelizmente são papel secundário no enredo. O que importa é apresentar o que aconteceu de "sobrenatural" na família Barrett e isso ao meu ver tirou a empatia e qualquer laço de me identificar com os personagens e suas aflições pessoais pois eles justamente não são apresentados, se espera que sejam percebidos pela Meredith em sua infância.

 Para fãs de um exorcismo bem básico NA ESCURIDÃO DA MENTE tem os ingredientes água com açúcar. Não espere ver um enredo aterrorizante e que desperte calafrio em todos os seus pelos. Conclui a leitura achando que fui enganado em todas as 266 páginas! Vi o que desejava ver e me surpreendi no final ao constatar que não estava vendo outro caso a la Regan MacNeil.

 Com narrativa em primeira pessoa, a obra possui páginas amareladas, fonte das letras mediana e capítulos relativamente grandes mas que aliados a escrita fluida do autor proporciona uma leitura rápida do enredo.

SE VOCÊ GOSTOU TAMBÉM VAI GOSTAR DE:

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos sua opinião sobre esta postagem.