domingo, 20 de agosto de 2017

NA MESMA PÁGINA


 Giuliana Gouveia, 22 anos, moradora da Tijuca, Rio de Janeiro. Recém-formada em letras busca uma vaga como professora de português. É dedicada, possui experiência em aulas particulares.... E blá... blá... blá... Nada disso estava sendo suficiente para que Giuliana alcançasse seu desejo de ser professora. Naquele instante, seu sonho era como um jardim repleto de flores mortas ou destroçadas. Seria ela capaz de recuperá-lo?! Seu noivo, contador bem-sucedido de uma grande rede de hotéis, acredita que só podemos almejar uma coisa na vida, no caso dele o dinheiro, e que sacrifícios precisam ser feitos para que um de seus desejos seja alcançado. O chefe tempo parece disposto a misturar o passado de Giuliana ao presente, trazendo oportunidades para o futuro e a empresa vida vai lhe mostrar, através de um certo alguém, que talvez possamos ter tudo que quisermos, bastando que sejamos quem queremos ser. Será mesmo que amor, sonho e sucesso não ficam na mesma página da vida?

 NA MESMA PÁGINA se apresenta primeiramente como um romance que tem tudo para ser mais um clichê no mercado literário. Entretanto, nos surpreende com aquele "mais" para se diferenciar de outros do seu gênero.

 Giuliana é uma jovem que busca trabalhar naquilo que sempre sonhou, estudou durante anos e se formou para exercer. Infelizmente, ela se vê obrigada a procurar qualquer emprego que pague muito por causa do namorado que não pensa em seus sentimentos, que só pensa em estabilidade financeira, que desvaloriza profissões.

 A crítica que a obra apresenta a cerca das profissões me foi um dos grandes pontos positivos do enredo tanto que me fez ficar vidrado nos acontecimentos a medida que Giuliana parecia se afundar em seu sonho que nunca era realizado.

 Uma relação abusiva é mostrada em seus detalhes e é difícil digerir visto que a protagonista não reconhece que se encontram em um e tenta ao máximo fechar os olhos para as situações preferindo respirar fundo e seguir em frente na relação.

 A autora tem uma escrita fluída e nos apresenta os cenários com detalhes nada desnecessários. Achei o ritmo bom e nada cansativo. Em pouco tempo me vi já chegando ao fim dos capítulos disponibilizados pela editora para primeiras impressões.

Gostei do rumo que a autora escolheu, o realismo é muito presente em todas as páginas, é uma obra que nos faz refletir sobre quais caminhos estamos seguindo e se estamos sendo felizes nas nossas escolhas.

 Com toda a certeza espero concluir a leitura da obra e recomendo de olhos fechados para todos os leitores que gostam de um bom romance contendo reflexões.

SE VOCÊ GOSTOU TAMBÉM VAI GOSTAR DE:

5 comentários:

  1. Oii, tudo bem?
    Não conhecia o livro mas parece ser bem interessante, aborda temas um pouco diferentes dos que costumam aparecer dos romances. É sempre bom realizar uma leitura que fuja dos clichês. Dica anotada!
    Beijos,
    Karina.
    Páginas Empoeiradas

    ResponderExcluir
  2. Oi, não costumo ler romances, mas achei interessante por aborda sobre uma pessoa que fez letras, sou estudante de letras inglês e me interessei pelo livro.

    ResponderExcluir
  3. Oie amore,

    Sempre gosto de ver as primeiras impressões de um livro, dá pra ter noção do que esperar.
    Adorei a capa desse livro e já quero ler.
    Aguardando a resenha completa por aqui!

    Beijokas!

    ResponderExcluir
  4. Oi bruno, que bom que a autora não se prendeu em detalhes desnecessários. Depois quero conferir sua opinião completa sobre o livro.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  5. Achei interessante.
    O chato é que quando começamos, dá vontade de morrer de tnt impaciêcia de continuar a leitura?! uhahuauha
    Vamos esperar a resenha completa então!! :D

    Beijinhos!

    #Ana Souza
    https://literakaos.wordpress.com/

    ResponderExcluir

Deixe-nos sua opinião sobre esta postagem.