DAS PESSOAS PERFEITAS QUE NOS DESPERTAM

Por: Francine S. C. Camargo - 20:18

 Sem o intuito de esbarrar nas concepções sociais ou morais de excelência e primor, esse texto é sobre um ser perfeito. Não perfeito sob a designação comumente usada de perfeição, mas perfeito pelo conceito de capacidade, suficiência e necessidade. É sobre alguém que não impõe rótulos nos sentimentos e pode causar estranhamento, paixão, encantamento, tudo ao mesmo tempo e nem sempre se trata de amor.

 É sobre uma pessoa capaz, suficiente e necessária, dessas que representam a primavera em qualquer época do ano: expulsam os medos, conseguem ficar com você por inteiro e conquistam aquilo que couber, entregando-se por uma hora, um dia, um mês, um ano ou uma vida, desde que seja com sabor de fruta mordida degustada ora sem pressa, ora com urgência.

 Então ela é aquela pessoa perfeita, que te decifra pelo olhar e te assegura que as portas podem ser abertas, que as paredes devem ser derrubadas e não é vantajoso reconstruí-las, para que o sol entre; e que você pode simplesmente deixar fluir e ir.

 É a criatura que aparece sem ser anunciada, com a boca escancarada em sorriso ao te avistar, e paralisa ao seu lado, fazendo daquele momento, eternidade.

 E quando te abraça, traz a sensação de lar, de que é naqueles braços que você deveria ficar para sempre aninhado, de que dali você nunca deveria ter partido.

 É para essa figura que você pode contar seus sonhos, delirar despreocupadamente, viver o melhor do futuro no presente, o melhor de si, na versão mais fiel de si mesmo.

 Com esse personagem você vai conversar sobre tudo o que se encaixar ou vai ficar em silêncio, porque na mudez haverá tanta voz, tanto o que revelar e ele saberá ouvi-lo com a mesma intensidade que você.

 É nos seus lábios - quando beijos existirem - que as horas se perdem e o chão recua, num hiato de espaço-tempo. Porém mesmo que não haja toque e envolvimento físico, há o consolo da entrega da alma, que é insubstituível, trazendo tanta dor e prazer quanto corpos unidos o fariam.

 Essa é a pessoa que você carregará consigo, em alguma camada de si que já foi revelada no seu convívio ou que ainda se anunciará no porvir. Assim como a primavera, ela também talvez vá embora, porque precisa alçar voo. Vazio, contudo, não sobra, pois ficam as recordações definitivas em alguma gaveta da mente, provando que, nesse tempo em que esteve por perto, fez com que a vida se iluminasse e você se enchesse de si.

Se você gostou também vai gostar de:

19 comentários

  1. Olá.
    Achei o texto bem interessante. Curiosa essa sua ideia de pessoa perfeita!!
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Camila, é um outro conceito de perfeição, que bom que gostou. Beijos.

      Excluir
  2. Uma visão interessante sobre perfeição e com certeza um tipo de perfeição que faz muita falta e não vejo isso apenas para amores, vejo isso em uma amplitude maior. Enfim, adorei o texto e precisamos de mais pessoas perfeitas e eu preciso ser esse tipo de pessoa também.

    Abraços.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Camila, justamente essa é a visão que tenho também, há tantas combinações de pessoas para se encaixar nesse conceito de "pessoa perfeita". Amizades, familiares, amores, professores, pessoas que passam fugazmente em nossas vidas e não se rotulam em nenhuma dessas classificações...abraços.

      Excluir
  3. Apesar do texto ser curtinho, me fez refletir sobre muitas coisas, principalmente sobre como esse conceito é amplo demais e varia de pessoa para pessoa mas quase sempre "casam" em algum detalhezinho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal que se identificou nesses aspectos...a ideia era mesmo chamar a atenção para a palavra "perfeição", porém trazendo essa definição diferente. Beijos.

      Excluir
  4. Tive uma pessoa na minha vida que era perfeita. Era o homem com quem eu pretendia passar o resto da vida. Que esteve comigo em momentos importantes. Que me fez rir, me iluminou, fez eu me sentir amada. Mas não era tão perfeito assim, pois não só alçou voo... me magoou muito antes disso. A perfeição é complexa. E pode machucar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Luna, esses seres podem magoar sim. Mas no texto abordei pessoas que nos marcam de uma maneira positiva, mesmo que não fiquem na nossa história. Beijão.

      Excluir
  5. Olá!
    As vezes passamos a vida almejando aquela pessoa perfeita, mas ao longo da vida conhecemos pessoas que podem somar, nos amar, serem companheiras e quando nos damos conta percebemos que temos uma pessoa perfeita aos nossos olhos e nem nos damos conta.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente isso, Camila, pessoas que somam, essa é a ideia. Beijão.

      Excluir
  6. Olá, tudo bem?
    Que texto lindo! Acho que você trouxe um conceito de perfeição muito interessante e que me levou a refletir. Acho que as pessoas muitas vezes procuram um padrão, um estereótipo de alguém perfeito, porém, a pessoa perfeita vai variar para cada um. Para mim, uma pessoa perfeita é aquela que entra na sua vida trazendo alegria e companheirismo, que está junto nos momentos difíceis e consegue enxergar nossos sentimentos.
    Parabéns pelo texto e pelas reflexões que você despertou.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também gostei da sua definção, obrigada por compartilhar, Maria Luíza. Obrigada pelo carinho. Beijo.

      Excluir
  7. Oi, tudo bem?
    Tenho um problema sério com a perfeição. Sou exigente demais comigo mesma, nem tanto com os outros. Consigo ser compreensiva e até empática com a maioria. Exceto comigo. Chego a ser cruel. E seu texto abriu minha caixinha e sei que vou passar a noite inteira refletindo sobre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que tenha sido bom abrir essa caixinha. Caixinhas fechadas por muito tempo implicam em exigir mesmo demais de si quando a gente poderia ser mais leve. Depois compartilhe com a gente suas reflexões...

      Excluir
  8. Achei bem interessante sua visão de perfeição, e geralmente a gente tem essas visões quando ama muito intensamente alguém.

    ResponderExcluir
  9. Minha pessoa perfeita já alçou voo, infelizmente. E infelizmente também esse vazio que "não sobra" em mim é imenso, pois a dor que ele me causa é muito maior que as recordações que ele deixou. Quem sabe o tempo mude isso, né?

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Que coisa mais linda de ser ler, me senti mais inteligente ao termnar de ler.
    Que a sua concepção de pessoa perfeita???
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Olá, tudo bem?

    Interessante esse seu contexto, uma pessoa perfeita, não precisa ser perfeita, de fato, mas pode ser perfeita pra gente, pro momento vivido e tal. Gostei do texto e vale a pena a reflexão.

    Beijo!

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião para nós do Refúgio Literário