EM SEU NOVO LIVRO, PE. FÁBIO DE MELO RESSALTA COMO DEVEMOS CULTIVAR O AMOR PRÓPRIO

Por: Salvattore Mairton - 23:40


Titulo: Por Onde For Teu passo, Que Lá Esteja O Teu Coração 
Autor: Pe.  Fábio de Melo
Editora: Planeta
Páginas: 230
*Livro em Parceria com Editora

Vamos repensar a vida? "É em vão procurar por uma resposta quando ainda não fizemos a pergunta certa. O conflito seguirá infértil se não receber o benefício da lucidez que só o enfrentamento das perguntas proporciona. Uma vida que não é refletida não pode ser bem vivida. Só o debruçar reflexivo sobre nós é capaz de reorientar a coerência, desfazer os equívocos e estabelecer o julgamento que nos coloca diante dos dilemas fundamentais. Quanto nos custa ser quem somos? Tem nos custado muito a fatura das emoções? Estamos satisfeitos com o que escolhemos ganhar e perder? Somos fiéis ao que nos pede o coração? Não nos apressemos em responder. É preciso conviver com as questões, olhá-las nos olhos, permitir que suas arestas desconfortáveis encontrem os encaixes na alma ferida. Há caminhos que não podemos andar acompanhados. E este é um deles: o que nos leva ao dentro de nós. Ande pelo seu. Ofereça-se à compaixão, o que de mais nobre você pode se proporcionar. É sob a sua tutela amorosa que você descobrirá que a vida pode ser diferente, e que nunca é tarde para reorientar a sua história. Ouça o que você tem a se dizer. Recolha-se com este livro nas mãos. Nele há um itinerário para os que pretendem renascer. Aceite este convite. Não espere que o outro lhe dê aquilo que só você pode se oferecer.




Será que tu tens dado espaço para que seu coração consiga ser usado em algumas decisões de sua vida? Será que tens dado o tempo necessário para si mesmo?

Essas e outras indagações são trazidas no novo livro do renomado Padre Fábio de Melo. Em 230 páginas a obra divaga sobre as decisões que tomamos em nossa vida e o quanto precisamos cultivar nosso amor próprio,  para que nosso destino siga pelo caminho correto. Dividido em 6 partes, o autor traz reflexões sobre o tempo, amor e até mesmo o desejo. Como controlar cada um para que tenhamos uma vida baseada na nossa verdade?

"As idades da vida são rios que nunca deixam de desaguar em nós "

A escritora do Padre segue os passos de todas suas obras, sempre clara e direta, para que o leitor se veja naquele enredo trazido por ele. Fica difícil da maneira que o autor traz, não sentir em algum momento que ele está falando diretamente para quem está do outro lado. 

"O amor só é possível aos que se educam para vivê-lo."

Fábio divaga sobre a menina que há dentro de cada um de nós,  e usa essa menina como metáfora do amor próprio.  Ele busca incentivar o leitor a trabalhar esse cuidado consigo mesmo no lado emocional, mostrando que para ser forte e não fracassar, precisamos estar seguros de quem queremos ser e como vamos ser. Ele usa o nosso corpo, nosso espírito e nossa mente para demonstrar que tudo deve estar conectado para que sejamos completos. 

Publicado pela editora Planeta de Livros, parceira do nosso Refúgio, a obra possui uma diagramação simples e de leitura agradável pelas folhas amareladas e fonte confortável. Ressaltando que Por Onde For O Teu Passo, Que Lá Esteja O Teu Coração, sempre figura entre os mais vendidos do catálogo da editora.  


Se você gostou também vai gostar de:

11 comentários

  1. Gosto muito do Padre Fábio e sou seguidora fiel das suas redes sociais, contudo a experiência literária que tive com ele não foi boa, com o best-seller "Quem me roubou de mim". Achei a leitura amarrada, parada, mais precisamente próxima a um artigo cientifico, ao nosso famoso TCC. Ele é tão simples e direto nas redes sociais, mas essa leitura específica me traumatizou kk Mas é bom saber que este novo livro tem leitura agradável, embora não esteja nos meus planos para ler.

    ResponderExcluir
  2. Sempre tive muita vontade, e interesse em ler as obras do Padra Fábio de Melo, acredito que mesmo ele sendo jovem e de uma sabedoria extraordinária e realmente nos toca e fala conosco. O mais interessante e que vejo que ele escreve para os jovens, o amor próprio deve ser cultivado por todos, mas a cada dia que passa vemos mais adolescentes se desfazendo disso e com certeza ele vem tocar essas pessoas. Este é mais um título dele que irei incluir na lista de desejados.

    ResponderExcluir
  3. Eu acho o Padre Fábio extremamente sensato em tudo o que escreve. Ele não diz que existe milagres ou tenta passar uma imagem de coisas que não existem. Ele é lógico e racional e aqui está mais um exemplo disto, que é nada mais do que amar a si mesmo e olhar para dentro. Acho que ele é um ótimo representante do que as pessoas precisam ouvir.

    ResponderExcluir
  4. Oi! Eu geralmente não sigo nenhum padre ou ícone religioso, mas tenho que dizer que os textos e falas do Padre Fábio de Mello sempre me fizeram refletir e pensar de uma maneira mais leve e clara diante dos desafios da vida. Cada reflexão sobre a vida, amor, família e fé, servem pra orientar e também guiar, muitas vezes. Acho válida qualquer ajuda, religiosa ou não, que nos faça nos conhecer internamente e possibilitar nossa evolução como bons seres.

    Bjoxx ~ Aline ~ www.stalker-literaria.com ♥

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    Conheço o padre pela televisão quando ele aparece, gosto bastante de seu jeito de falar com confiança e convicto de sua fé. Ainda não li nenhum livro dele, mas o respeito muito por seus ideais, obrigado pela dica, parabéns pela resenha fiquei curiosa em conhecer mais da obra, bjs!

    ResponderExcluir
  6. Eu adoro os tweets do Padre, como alguém disse aí em cima, ele é muito sensato. Deve ser uma leitura fabulosa, e mesmo que não seja meu tipo preferido, fiquei com muita vontade de conferir.
    beijos

    ResponderExcluir
  7. Deve ser uma leitura reflexiva e reconfortante, nessas páginas podemos encontrar muitas palavras de ajuda e consolo.

    ResponderExcluir
  8. Eu acho o padre Fábio um homem muito sensato e sem dúvida, admiro seus posicionamentos, mas eu não leria um livor dele, ainda que a vertente cristã não esteja na narrativa. Acho que uma hora ou outra ele vai ligar suas conclusões a religião e como sou ateia, isso não irá me agradar.
    beijos

    ResponderExcluir
  9. Há tempos não leio um livro de auto-ajuda e nunca tive contato com a escrita de Pd. Fábio de Melo, pelo menos, não fora do Twitter. Concordo com muitos pontos de vista dele, logo, acredito que essa leitura seja bem enriquecedora. =)

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Deve ser uma leitura ótima, nunca li nada do Padre, o acho muito inteligente e gostaria de ter esse contato com suas obras literárias. Gostei de conhecer e espero poder conferir! Dica anotada!

    beijos!

    ResponderExcluir
  11. Obra linda, e essa resenha me já me fez refletir sobre as minhas decisões e indecisões, preciso ler esse livro que parece trazer bastante tranquilidade e solução para as questões da nossa mente.
    Parabéns pela resenha 👏👏

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião para nós do Refúgio Literário