TENHO UMA HISTÓRIA NA CABEÇA, COMO PASSÁ-LA PARA O PAPEL?

Por: Francine Camargo - 18:52



Gosto da seguinte imagem, para começo de papo: é hora de tirar os gessos das mãos. Mais do que isso, às vezes a gente se bloqueia tanto para as nossas capacidades, que quem está engessada é a mente.

Outro passo que caminha paralelo ao desbloqueio é ler. Ler muito, ler tudo, sem preconceitos, sem exceções, mas com excessos, pois exemplos do que é “bom” e do que é “ruim” têm o mesmo peso, estimulando a crítica, motivando, ensinando, divertindo, plantando ideias e fazendo com que a gente se encaixe em algum estilo de escrita.

Então chega a hora: sentar para escrever. Está tudo ali, desordenado, jogado nas circunvoluções do cérebro. Mas na telinha do computador ou na folha de papel, não importa que não exista lógica ou sequência, não precisa começar do começo; comece de onde você está e siga desenhando, lapidando, criando e recriando, quantas vezes achar necessário, com uma condição: digite ou rascunhe a sua verdade, aquilo que te toca, aquilo em que você acredita, pois é assim que outros também acreditarão.


(Francine S. C. Camargo, escritora que se libertou de seus bloqueios há alguns anos, e ainda tem muito a aprender)



Se você gostou também vai gostar de:

15 comentários

  1. Oi, Francine!
    Bloqueio criativo é realmente uma coisa complicada. Eu que só escrevo para o blog, já percebo isso. Tem vezes que eu tento, e tento, e nada sai - ou quando sai, sai uma bosta, rsrsrs. Imagino para um escritor, deve ser duas vezes mais complicado.
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, Carolina, nem fale...é muito comum isso em vários momentos do ano. Mas em certa hora, tudo retorna, a inspiração, a vontade e os gessos se desfazem. Beijos.

      Excluir
  2. Nossa, como sofro com esse bloqueio criativo. É bem complicado, confesso que isso já me prejudicou algumas vezes.

    ResponderExcluir
  3. Que texto perfeito!
    Vou levar essas instruções pra vida, porque eu sou exemplo de vivo daqueles que por não acreditar em si, acabam se auto sabotando. Terminei de ler com um desejo enorme de colocar em prática desejos que julguei difíceis demais de concretizar.

    Abraços!
    Nosso Mundo Literário

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Delmara! Ah, a tal da nossa sabotagem interna...a gente vive se boicotando, sei bem como é. Bora começar a mudar? Abração.

      Excluir
  4. Olá!
    Acho que escrever uma história algo simplesmente fantástico. Algumas pessoas tem o dom e criam enredos maravilhosos. O bloqueio sem dúvidas atrapalha, por isso que acredito que colocar em palavras tudo o que se sente precisa de concentração, dedicação e muito abdicação de tempo.
    Gostei da postagem!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    Eu tenho muita dificuldade em escrever, criatividade pra isso é algo inexistente em mim. Por isso admiro muito quem tem esse dom.

    ResponderExcluir
  6. Oiii tudo bem ??
    Admiro quem escreve, eu tenho muita vontade só q na hora de por em prática eu não consigo parece que tem um bloqueio quem sabe eu tente de novo. Gostei bastante da matéria
    Ela acendeu uma faísca hahah obrigado
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sara, tudo bem e como você? Vamos tentar de novo? Adoro essas faíscas...beijo.

      Excluir
  7. Olá!
    Ótimas instruções e tenho muito bloqueio criativo em muitos momentos na minha vida acadêmica como designer, mas estou sempre burlando e tentado ao máximo expressar o melhor de mim.

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião para nós do Refúgio Literário